Quem você quer ser?

O Universo responde àquilo que se energiza com a intenção, e não às determinações racionais.

Eu acredito muito que quando tomamos atitudes baseadas no medo, mesmo com as melhores das intenções, elas nos fazem agir contra a nossa natureza de infinita abundância.
E vou te contar por quê!
Dia desses surgiu à oportunidade de ajudar uma criança que foi abandonada pelos pais em uma campanha realizada pelo grupo da Deeksha da minha cidade.Abro aqui um parêntese para falar sobre a Deeksha em outro texto, enfim… voltando… 😀
Muitas pessoas se prontificando em contribuir e logo conseguimos muitas doações.
Mas não pude deixar de observar também que muitas pessoas que se manifestaram não passaram de 10% do total de pessoas adicionadas no grupo.
Não pude evitar um questionamento do por que será que o restante não se ofereceu para ajudar?
Imediatamente resgatei lembranças de um passado onde era totalmente inconsciente (não que hoje ainda não seja, pois talvez em algum lugar dentro de mim, eu ainda apresente inconsciência em algumas atitudes pois estamos sempre em processo de transformação), eu fazia todas as escolhas baseada no medo e por isso mentia o tempo todo pra mim.
Nem certa, nem errada, naquele instante estava com medo como a maioria das pessoas que começam a justificar algo que às incomoda profundamente.
Eu não vou doar porque ajudei TAL instituição no Natal.Não vou ajudar porque faço doações mensais para OUTRA instituição.
Não vou ajudar essa criança, porque como ela tem tantas outras, e se eu for ajudar todas…
Ou até aqueles que pensam o que eu tenho haver com isso…

Uma profunda reflexão tomou conta de mim:
No sentido de observar mesmo o por que determinadas pessoas tem menos felicidade e prosperidade do que outras?

 Não é a vida, não é Deus, não é a crise, não é o outro.
É você e seu MEDO!

Vou dar um exemplo…
Se observarmos um pé de limão, a natureza do limoeiro é dar limão o ano todo. E muitos limões. Mas se num dado momento ele se recusasse a dar limões por já ter oferecido para muitas pessoas?
Ou se o limoeiro só desse limão diante de determinada situação ou pessoa?
O que você pensaria desse “POBREzinho”?

Provavelmente você diria:
– Coitado desse limoeiro. Não tem fertilidade suficiente para produzir limões.
Ou,
– Acho que esse limoeiro está doente ou está morrendo para dar uma quantidade tão escassa de limões.

Sabe por que você pensaria assim?
Porque no fundo você e eu sabemos que a nossa natureza é abundância.
E quando algo externo manifesta escassez, a primeira sensação que experimentamos é que aquilo está fora da ordem natural da vida, certo?

Deixo essa reflexão, não sobre o comportamento das pessoas. Mas no quanto somos condicionados pelo medo e não percebemos. Preste muita atenção.
E complemento.

Neste mundo de dualidades. Existem dois polos para tudo na vida. Positivo e negativo.
A tendência da Natureza é na direção da atividade do polo positivo (amor).
Por isso naturalmente ficamos contrariados ou incomodados com atitudes mesquinhas.
O engano está em observar somente nos outros esse tipo de atitude. Para que a transformação aconteça devemos observar as nossas próprias atitudes, ou seja, não olhar para a grama do vizinho, mas olhar para a nossa e assim cada vez mais nos tornarmos conscientes perante nossas ações.
E o mais importante é não só olhar, mas ter atitudes para que a transformação aconteça.
A natureza da vida é contínua e abundante. Você e todos os seres estão inseridos nesta natureza.
Você tem por herança natural a informação da abundância dentro de você.
Nossa natureza é composta de riqueza e abundância. Quando escolhemos energizar o fluxo do amor, saímos da energia de medo que gera a escassez dentro de nós.
Tudo no Universo são trocas dinâmicas, dar e receber são diferentes aspectos do fluxo da mesma energia.
É impossível contar os grãos de areia de uma praia;
As gotas do oceano;
As células do corpo humano;
As folhas de um limoeiro;
Se você tem pensamentos, sentimentos e ações de abundância, você naturalmente irá atrair esse fluxo de energia para sua vida.
Todos os dias doe algo. Um sorriso, um abraço, um prece, uma palavra de empoderamento. Não limite o seu fluxo de abundância.
A escolha é sua!
Seja tudo aquilo que você deseja atrair para sua vida!

– Ana Retore

@livreconsciencia