SÉRIE DE DESAFIOS QUE EMPODERAM

O intuito dessa série de 7 desafios é oferecer técnicas para estimular sua percepção de que todas as ferramentas necessárias para viver uma jornada de sucesso e realização, em todos os âmbitos da vida, estão dentro de você. Mas tem que querer. E eu vou te ajudar a querer.

1° desafio

A vida é uma imensa tela em branco, e você é o artista que dia a dia vai construindo a sua obra. Você é escolhedor infinito, e têm todas as possibilidades e ferramentas para realizar essa obra, e descobrir a arte de viver. A obra da sua vida é VOCÊ!
O primeiro desafio eu chamo de “Escolha de poder”.

Na vida tudo é energia, inclusive nós, e por isso estamos o tempo todo doando e absorvendo energia, da natureza, dos alimentos, dos ambientes e das pessoas. A física quântica diz que energia que você irá absorver será a mesma que emanar. Você tem o poder de escolher que tipo de energia quer receber. E o universo está programado para te apoiar nas suas escolhas. Mas o resultado de cada escolha é sua responsabilidade. Sabe aquela frase: “O plantio é livre, mas a colheita é de acordo com o plantio”? Pois então, o livre arbítrio existe para que você possa atrair coisas maravilhosas para sua vida. Então comece a doar energias que te empoderam. Tudo é uma questão de escolha.
O tempo todo você precisa escolher entre uma coisa e outra. Que tal então começar a fazer escolhas de poder? Escolhas de poder são escolhas feita com amor. Escolhas fracassadas são feitas com medo.

Técnica – Tome consciência das suas escolhas. Comece a observar com plena atenção cada escolha que fizer. E antes de decidir pergunte-se: “Essa escolha trará consequências poderosas para mim e para todos que serão afetados por ela?” Perceba no seu corpo, a sensação de peso ou leveza antes de tomar a decisão. E escolha sempre o que for leve. Lembre que tudo é energia e o resultado sempre te dirá se foi uma escolha no medo ou no amor. Muita atenção ao que seu corpo te fala, pois muitas escolhas no amor podem desagradar a mente.
Agora é só escolher. Aceitar o desafio. Fazer a escolha que te empodera. 

2° desafio

Muito bem você começou a fazer escolhas com amor, certo?
O segundo desafio, eu chamo de “escolhendo meu dia“.

Vamos lá, qual é a primeira coisa que você faz ao acordar ? Você pensa, certo?. Mas o que você pensa? Como você inicia seu dia?Começa seu dia entusiasmado e alegre ou desanimado e indisposto?

Alimentar sua mente com pensamentos tóxicos (ainda mais logo cedo), acabará com seu dia. E se, esse tipo de ação mental já é um hábito, providencie imediatamente essa transformação.

Será que você está consciente de que a energia que você alimenta nos primeiros minutos do seu dia, determinará o resto dele?

E são os seus dias que constroem sua vida! Neste universo de dualidades, onde as energias vibram tanto no polo negativo, quanto no positivo, você tem o poder de inverter o polo da energia.

Seu mundo físico é fruto das suas construções mentais. Mantenha o foco naquilo que você quer que manifeste. Inverta o polo do pensamento no momento imediato em que você se pegar pensando em coisas que não deseja. Constantemente sua mente irá te desviar do seu objetivo, mas você permanecerá com atenção naquilo que quer ver acontecendo.

Técnica – A partir de hoje, ao acordar você ficará 10 minutos na cama, respirando suavemente e construindo o dia perfeito para você. Mentalize o momento em que você levantar até o momento de se deitar novamente, com todos os seus objetivos daquele dia realizados com facilidade e alegria. Use todos os seus sentidos na mentalização. Sinta os cheiros dos ambientes por onde costuma passar, a textura de tudo que você irá tocar, o gosto dos alimentos. Ouça tudo o que desejaria ouvir, veja-se sentindo prazer e alegria ao executar as tarefas. Não importa o quão difícil pode ser seu dia. Você tem o poder de torná-lo o dia perfeito. Seu mundo físico é o resultado do seu mundo mental. Pense em como você é capaz, e que potencial incrível possui de realizar tudo o que você deseja. Desejo a você o dia MAIS poderoso.

3° desafio

Bom, vamos para o terceiro desafio: O desafio da gratidão.

A melhor maneira de pedir algo para o universo é agradecendo. A neurociência diz que há no cérebro um sistema de recompensa, que é responsável pela sensação de bem estar do corpo. O ato de sentir gratidão libera dopamina, um neurotransmissor que desempenha funções importantes na vida: O movimento, a memória, o sono, ativa a sensação de prazer, de satisfação e emoções positivas, entre outros. Também libera um hormônio chamado ocitocina, que é considerado o hormônio do amor, esse reduz ansiedade, estimula o afeto, traz tranquilidade, reduzindo o medo. Exercitar a gratidão dissolve sentimentos de raiva e angústia. Pessoas agradecidas são mais positivas, tem mais vitalidade, portanto são mais saudáveis. O cérebro não é capaz de sentir ao mesmo tempo um sentimento negativo e um positivo. Escolha a Gratidão.

A vida no universo opera por trocas dinâmicas. Nós atraímos para nossa vida aquilo que energizamos internamente. O ato de sentir gratidão atrai abundância para nossas vidas. Quando você energiza sua mente, seu corpo e suas emoções, com sentimentos positivos, você entra naturalmente numa frequência vibratória elevada de amor e abundância. E o universo te responde com abundância.

Técnica – Comece seu dia agradecendo. Ao acordar, antes de mentalizar o seu dia, dedique 5 minutos diários agradecendo. Comece com as coisas mais simples, mas que são as mais incríveis. Agradeça o ar entrando nos seus pulmões, agradeça por acordar, pela luz do sol, pela oportunidade de mais um dia de infinitas possibilidades. E se no seu ponto de vista, não fizer sentido para você agradecer as coisas da natureza. Tudo bem. Simplesmente repita: Eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço…Você irá sentir mais amor, leveza, disposição, foco, ânimo.  A prática de agradecer libera o fluxo da abundância.

4° desafio

E agora o quarto desafio: O poder da Repetição.

Lembre-se, são as escolhas conscientes que determinarão seu dia.

Disciplina é uma virtude que não é tão fácil de ser desenvolvida, mas é fundamental na vida de qualquer pessoa. E tudo começa na mente. O pensamento gera uma emoção, que gera uma ação, que gera um hábito, que resulta no seu destino. E é através da repetição que hábitos são criados na nossa mente. Seja para mudar hábitos mentais, emocionais ou físicos, você deve usar o poder da repetição mecânica para vencer a indisciplina.

Sempre que você quis que algo se tornasse natural na sua vida, você teve que praticar repetidamente. Certo?

Pense em quando você aprendeu a dirigir. No começo parecia algo impossível, até que se tornou automático e natural. E assim será com qualquer coisa nova que desejar aprender.

Tornar-se consciente da pratica da repetição é um aliado contra o desânimo e a procrastinação. Você deve estar atento para a importância da prática da repetição na vida. É através da repetição que novos caminhos neurais são criados em nosso cérebro, possibilitando-nos trocar os maus pelos bons hábitos.
Um atleta olímpico, só se torna atleta porque pratica repetidamente determinado esporte. Um bom músico, só se torna bom músico porque passa horas por dia praticando repetidamente uma sequência musical. A repetição é fundamental na vida de todos que almejam a realização. 

Técnica – Nos momentos em que sua mente quiser te desviar do objetivo, repita mecanicamente os desafios, sem dar ouvidos a mente, até que se torne natural e vire um hábito. Através da repetição é que uma nova ação é fixada na sua mente. Vencer a resistência e procrastinação é simples quando você usa sua força de vontade a seu favor.

5° desafio

O quanto você deseja transformar sua vida? A transformação do seu ambiente externo será determinada pelo quanto você é capaz de transformar seu ambiente interno.

E aí chega o quinto desafio: ‘Abrindo espaço’.

Sabe aquele armário entulhado de coisas que você abre querendo organizar e imediatamente desanima, porque não sabe por onde começar, e vai enrolando pra organizar?
Assim também acontece no seu interior, quando resolve parar um momento para organizar a bagunça interna, percebe que não sabe por onde começar. Fecha o armário, vira as costas e se esforça para acreditar que está tudo bem. Segue seu caminho carregando o peso do excesso acumulado ao longo da vida.
Agora chega, né? Está na hora de parar, respirar, esvaziar, abrir espaço e começar a organizar a bagunça!
A proposta do quinto desafio é que você comece a observar quais barreiras estão bloqueando seus resultados?

Para desenvolver as virtudes que já são genuínas em você, vamos começar esvaziando as caixas internas.
Lembre que o seu mundo externo é o reflexo do seu mundo interno.

Técnica – Tenha um caderno e dê um nome a ele que indique sua meta de vida em longo prazo. Por exemplo: ‘Livro da Felicidade’. Comece escrever tudo que você percebe que está te sobrecarregando. E o que está faltando para que você obtenha sucesso, tanto no âmbito do Ser, quanto no Ter. Você pode dividir em subtítulos, para organizar melhor, (Físico/mental/emocional/relacionamentos /Profissional/financeiro). E comece agora sua faxina.

6° desafio

O sexto desafio eu chamo de “Autorresponsabilidade, fazendo as pazes com você“.
Autorresponsabilizar-se pelos acontecimentos da sua vida não é culpar-se. Quando você se culpa, está cedendo a sabotagem da mente querendo se colocar no papel da vítima.

Assumir a responsabilidade é uma atitude de empoderamento, onde você aceita o problema e procura a solução para transformá-lo.
Lembre-se que, inconsciente ou consciente, você está criando novas realidades que irão manifestar na sua vida, então a maneira que você percebe as situações externas é sua responsabilidade. Não é a situação em si que te faz sofrer, mas a sua forma de interpretá-la.

A forma como você vê as pessoas e os acontecimentos são reflexos da sua mente. Se começar a observar todos os problemas como oportunidades para usar criativamente seu potencial, você provavelmente nunca mais vai reclamar dos problemas.

Desejar dos acontecimentos aquilo que você esperava é criar expectativas por medo de sair da sua zona de conforto, fazendo isso você encerra o fluxo da energia para outras possibilidades e muito provavelmente irá se frustrar.

Nada é de fato pessoal. Baixe suas barreiras, ninguém está te atacando. Cada ser humano está envolvido nas suas próprias questões e percebendo a vida de acordo com as suas experiências de mundo. E é a percepção de mundo de uma pessoa que faz com que ela tome suas decisões e realize suas ações, e não uma perseguição pessoal. O universo no seu sincronismo perfeito, sempre usa uns aos outros como instrumentos de oportunidade para o aprendizado. Aproveite os acontecimentos para se conhecer e perceber os aspectos que precisam ser modificados em você.

Técnica –  Assuma honestamente consigo mesmo os seguintes compromissos:
• Não criar expectativas nos acontecimentos;

• Não gastar tanta energia querendo defender o tempo todo seu ponto de vista. Desarme-se e abra-se. Seja leve;

• Aprenda a apreciar a sua companhia e estar sozinho;

• Busque desenvolver a consciência do que está sendo gerado dentro de você. O milagre só acontece de dentro para fora.

7° desafio

E chegamos ao último desafio: MEDITAÇÃO

MEDITAÇÃO = MEDIR A AÇÃO

A meditação (vipassana (sânscrito) significa “insight”, ver as coisas como elas realmente são). Estar atento e presente em cada ação. 
Observar o que você faz e como você faz.
A técnica da Meditação é um processo mental simples e sem esforço. Pode ser praticado a qualquer momento e em qualquer lugar.
Pense na meditação como um processo de limpeza, de purificação.

Os conflitos externos se reduzem à insignificância, quando você domina os seus inimigos internos. Olhar para dentro permite experimentar o bem-estar, confiança, segurança, a paz, que existe a partir do silêncio.
Quanto mais penetramos o nosso interior, menos somos afetados pelas sugestões da mente. Que causam dor e sofrimento.

Uma vez integrada na rotina diária, à meditação se torna a melhor parte do seu dia.

Técnica – Vou compartilhar as duas maneiras que eu pratico a meditação. A tradicional: sentada confortavelmente no chão ou em uma cadeira, com a coluna ativamente ereta, olhos fechados com a atenção voltada para a respiração, em silêncio, você vai observar tudo o que está acontecendo com você, pensamentos, sensações, emoções e sentimentos, sem divagar em nenhuma das percepções, apenas observe e deixe ir embora através da respiração. Comece com 5 minutos e vá aumentando. A outra maneira é: a meditação ativa e constante. Você irá exercitar sua atenção plena, em cada ação que executar, seja ela mental, emocional ou física. Respire e a cada resposta, faça a escolha habilidosamente, sem reagir aos acontecimentos do seu dia, sejam eles internos ou externos. E toda vez que um conflito vier você se sentirá mais preparada para resolve. Sem se identificar com o problema. Use a meditação para colocar em prática o poder da escolha.

 

Supere-se todos os dias. Queira ser melhor hoje do que ontem. Pratique os desafios e observe a mudança na sua vida!

Dica: Imprima os desafios e coloque em um lugar onde você possa olhar várias vezes durante o dia, isso vai te ajudar a manter o foco!